• Terça-feira, 16 de Agosto de 2022
Não solicitamos nenhum código de verificação, por WhatsApp, SMS ou telefone.

Alternativa para o carregamento de carros elétricos, a energia solar ficará mais cara em 2023

19/07/2022 - 10:31 - Redação - Foto: Divulgação
WhatsApp
Tamanho da fonte:   - +

Com o avanço da tecnologia, ficamos cada vez mais dependentes da energia elétrica e, pensando nisso, muitos brasileiros investem na energia solar como alternativa viável para diminuir as despesas mensais. Mas essa realidade está prestes a mudar. A Lei 14.300/2022 estabeleceu que, a partir do dia 7 de janeiro de 2023, os usuários de energia solar perdem a isenção existente hoje no país.

A realidade chega a ser paradoxal, quando consideramos o crescimento significativo de alguns setores,  como o da eletromobilidade. É o que aponta Ricardo David, sócio-diretor da Elev, empresa que apresenta soluções para o ecossistema de mobilidade elétrica. 

"Acredito que hoje é o melhor momento de equipar a sua casa com a energia solar. É um prazo que já está estipulado pois, no ano que vem, essa forma de energia estará mais cara. Isso é um fator de grande interesse da população, mas principalmente dos proprietários de veículos eletrificados", declara Ricardo.

Os dados da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE) mostram que, no total, foram emplacados 4.073 veículos leves eletrificados em junho, o segundo melhor mês da série histórica, totalizando um aumento de 47% em relação ao ano anterior. No total, foram 20.427 unidades  (veículos 100% a bateria e híbridos leves) no primeiro semestre de 2022.

Atualmente, os motoristas que optam por um veículo com motor elétrico podem instalar painéis solares com o objetivo de ter uma carga 100% gratuita para os automóveis. Em um cenário onde o preço dos combustíveis continua com valores elevados, esse é um alívio para o bolso dos consumidores.

"É certo que os motoristas de carros elétricos serão os mais afetados por essa nova regra. Mas é importante considerar que estamos em um momento de investir na energia solar. Principalmente quando consideramos que quem instalar um sistema solar até o dia 06 de janeiro de 2023, garantirá essa isenção até o ano de 2045", esclarece o executivo.

O especialista, que além de diretor da empresa é engenheiro eletricista, explicou como funciona o carregamento dos carros elétricos por meio dos painéis  solares. Segundo o executivo, o veículo elétrico poderá ser carregado em casa desde que o consumo tenha sido considerado na hora da instalação do sistema.

"O proprietário precisa estar atento e preparar o sistema para a carga do seus veículos. Ele também pode melhorar a carga utilizando os carregadores de veículos elétricos, específicos para essa função", completou.

Os custos de instalação de um sistema solar variam de acordo com a localização geográfica da usina. Em regiões em que a incidência solar é alta, esses sistemas tendem a ser mais econômicos pois geram mais energia. Em média os custos atuais oscilam entre R$ 4,00 a R$ 5,00 por Watt pico. 

O certo é que a solução que muitos brasileiros encontraram para economizar em meio a uma crise de combustíveis, pode ser a próxima afetada pela alta dos preços do país.

WhatsApp
Topo
Publicidade
  • © 2022 SHOPCAR - Sua Referência em Veículos - Classificados de Carros. Todos os direitos reservados