• Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2024
Não solicitamos nenhum código de verificação, por WhatsApp, SMS ou telefone.

Confira como foi nosso test-ride de lançamento da Honda CB 300F Twister 2023 - Vídeo

15/02/2023 - 15:21 - Mário Salgado - Fotos: Divulgação Honda Motos
WhatsApp
Tamanho da fonte:   - +

De olho em sua grande concorrente, a Yamaha FZ25, e com a chegada da indiana Bajaj no Brasil, a Honda resolveu se mexer no segmento de entrada das nakeds. E ela fez isso muito bem. Fomos até o interior de São Paulo para rodar com a Nova CB 300F Twister 2023. E podemos falar que gostamos muito do que vimos. Motor mais "torcudo", pneus novos, suspensão mais acertada, um novo belo design e mais tecnologia embarcada fazem dela um rival a ser batido.

Preço, cores, garantia 

A Honda CB 300F Twister CBS e Honda CB 300F Twister ABS chegam às concessionárias de todo o Brasil a partir de janeiro. A garantia é de três anos, sem limite de quilometragem. Abaixo, as cores disponíveis para cada uma das versões e seus respectivos preços sugeridos (base Distrito Federal):  

CB 300F Twister CBS - Cinza metálico e Vermelha – R$ 18.900,00 
CB 300F Twister ABS – Dourada e Vermelha – R$ 19.800,00

Mesmo tendo liderado o mercado em sete anos, de 2015 até 2022, a CB 250F Twister não empolgava tanto. Isso devido ao visual ultrapassado e falta de mais cilindrada. A Honda conseguia vender muito devido a sua grande rede de concessionárias e seu alto comércio de consórcios. Agora, com a chegada da CB 300F Twister, a história muda um pouco. Ela chega com design novo e atrante, além de muitas outras novidades mecânicas e tecnológicas.
 
Motor e suspensões foram aperfeiçoados assim como o aspecto estético, aproximando-a da Honda CB 500F; detalhes como o banco bipartido, painel LCD Blackout e iluminação full-LED são um genuíno upgrade em relação ao modelo que substitui. 

A Honda CB 300F Twister é o resultado de um aprofundado projeto que resultou em uma streetfighter urbana, com estilo agressivo, forte e esportivo, que visa dar aos seus usuários a sensação real de estar pilotando um modelo de cilindrada superior. No entanto, seu DNA preserva as qualidades da geração precedente, entre elas a renomada robustez, economia e grande versatilidade.  

Mudanças aprofundadas nas suspensões encontraram no consagrado chassi tubular tipo Diamond a estrutura exata para oferecer um comportamento dinâmico de excelência ao modelo. A frenagem se vale de discos na dianteira e traseira, sendo que a CB 300F Twister será vendida em duas opções nas quais o diferencial é justamente o sistema de freios: CBS – Combined Brake System, ou a versão ABS, com sistema eletrônico antitravamento. 

Mecânica

No motor, a elevação da potência e torque permite respostas ao acelerador mais consistentes, melhorando a aceleração, retomada de velocidade e proporcionando à nova Twister a capacidade de alcançar excelente desempenho. Esta evolução na performance do motor com tecnologia FlexOne veio acompanhada de ainda mais economia. O câmbio de seis marchas conta com embreagem assistida e deslizante, ‘upgrade’ complementado pelo novo pneu traseiro, agora mais largo, mudança que atende a elevação da potência. 

O motor da CB 300F Twister deriva diretamente do que equipava sua antecessora. O ganho de capacidade cúbica – que passou de 249,5 cm3 para 293,5 cm3 – foi obtido mediante o aumento do diâmetro do cilindro, que passou de 71 para 77 mm, sendo mantido o curso de 63 mm. Importante lembrar que tal opção permitiu o aperfeiçoamento do cabeçote de quatro válvulas e consequente ganho para o sistema de alimentação e exaustão do motor. 

A potência máxima passou dos 22,6 cv (22,4 com gasolina) a 7.500 rpm para 24,7 cv (24,5 com gasolina) à mesma rotação. O torque máximo subiu de 2,28 kgm.f (2,24 com gasolina) a 5.500 rpm a 2,60 kgm.f (2,61 com gasolina) à mesma rotação. A potência máxima cresceu 9,3% enquanto o torque máximo nada menos que 15,5%, uma característica extremamente desejável considerando o tipo de uso ao qual a CB 300F Twister se destina, majoritariamente feito de percursos urbanos entremeados a vias expressas.  

Na prática, o ganho se percebe através de uma resposta ao acelerador mais robusta em todas as faixas de rotação. Outra consequência positiva está no consumo, que se revela ainda melhor, e que podem ser explicadas pelo fato de que apesar do aumento da capacidade cúbica, a elevação de potência e principalmente do torque máximo permite conduzir a CB 300F Twister abrindo menos o comando do acelerador. 

Quanto ao sistema de transmissão, o câmbio de seis marchas – exclusividade no segmento – agora está acoplado a uma embreagem deslizante e assistida. Tal tipo de embreagem, antes exclusivo de motos de alta performance, impede que a roda traseira perca aderência em reduções de marcha mais fortes. Já a assistência faz com que a alavanca de embreagem seja leve, fácil de acionar, o que em uma moto com forte perfil urbano é uma qualidade muito desejável. 

Para melhor assistir a demanda de dissipação de calor do motor, a CB 300F Twister traz um radiador de óleo maior. O mesmo pode ser dito acerca do sistema de escape: a ponteira mais curta está conectada a uma câmara de expansão sob o motor, que abriga o catalisador. Este, novo posicionamento, confere maior eficiência a todo o sistema.

Leds e mais novidades

A iluminação da CB 300F Twister é full-LED e o painel, tipo Blackout, é pleno de informações e tem como novidade uma porta USB do tipo C para a recarga de smartphones. Por último, necessário destacar que o novo assento bipartido, o formato do novo tanque e o posicionamento de guidão e pedaleiras proporciona uma excelente ergonomia, sem que tenham sido afetados aspectos práticos como a distância do assento em relação ao solo e o peso a seco, apenas 2 kg superior ao do modelo precedente.  

O estilo da Honda CB 300F Twister foi desenvolvido pelo Mono-C (departamento de design da Honda Brasil), sob o preceito de realizar uma avançada streetfighter com imagem poderosa e agressiva. Para tal, elementos como as carenagens plásticas que recobrem o tanque – se valem de linhas angulosas, fazendo par com as formas do grupo ótico dianteiro, ponteira de escape e do banco bipartido, cuja porção final elevada enfatiza a esportividade do modelo. 

Sobre a carenagem que recobre o tanque, agora com capacidade de 14 litros, trata-se de recurso que, além de facilitar a obtenção de formas mais elaboradas, tem uma fundamentação de ordem prática: composta de três elementos – esquerdo, superior e direito – em caso de dano a carenagem não só protege o reservatório de combustível metálico como permite economia, tanto por conta da reparação facilitada como pela possibilidade de troca individual dos elementos.     

A tecnologia empregada na carenagem de tanque permitiu aproximar o estilo da Honda CB 300F Twister ao da CB 500F, referência em seu segmento. Desta maneira, a nova Twister se posiciona em um patamar estético superior, com aparência de modelo de maior cilindrada. Contribuem neste aspecto outras escolhas estilísticas, como a da ponteira de escape curta e elevada, a carenagem inferior do motor e rodas de novo desenho –, mas também escolhas técnicas como o pneu traseiro mais largo, agora um 150/60R-17 (antes 140/70R-17) e a suspensão dianteira mais robusta, com tubos de Ø 41 mm (antes Ø 37 mmØ). 

O novo painel é outro elemento que confere distinção à Honda CB 300F Twister. De formato retangular, a tela LCD Blackout traz contagiro e indicador de marchas, relógio, velocímetro, dois hodômetros parciais, hodômetro totalizador e oferece informações como autonomia restante, consumo médio e instantâneo, nível de carga da bateria, além das tradicionais luzes-alerta. Novidade é a porta USB do tipo C para recarga de Smartphones, situada na extremidade superior esquerda do painel. 
 
Chassi 

O consagrado chassi tubular de aço tipo Diamond é a garantia de robustez da nova CB 300F Twister, que além da resistência permite grande agilidade e maneabilidade. A tal chassi estão associadas suspensões com novas especificações, adequadas às demandas determinadas pelo salto da potência e performance. 

Na dianteira, a suspensão telescópica agora tem tubos de Ø 41 mm (na CB 250F Twister eram de Ø 37 mm), o que resulta em melhor comportamento diante das solicitações maiores derivadas da elevação da potência do motor. Com curso de 130 mm, esta nova suspensão usada na CB 300F Twister tem a mesma medida de tubos do que a Honda CB 500F.  

Na suspensão traseira, o sistema de monoshock se vale de um amortecedor com mola dupla e balança traseira de aço. O curso da roda passou de 108 para 120 mm, trazendo maior progressividade ao sistema. 

A frenagem é um fator que distingue as versões da CB 300F Twister, sendo oferecida com opção CBS – Combined Brake System – ou ABS. Em ambas, os discos têm as mesmas dimensões, com o dianteiro de Ø 276 mm e o traseiro com Ø 220 mm. Na versão CBS, o cáliper dianteiro conta com três pistões enquanto na versão ABS o cáliper tem pistão duplo. O cáliper traseiro tem pistão simples em ambas versões.

Mais Imagens
Clique na foto para ampliar
WhatsApp
Topo
Publicidade
  • © 2024 SHOPCAR - Sua Referência em Veículos - Classificados de Carros. Todos os direitos reservados