• Quinta-feira, 15 de Novembro de 2018

Novos painéis de moto têm tela touch, conectividade e até Apple CarPlay; conheça

06/07/2018 - 10:51 - Arthur Caldeira / INFOMOTO - FOTOS: Agência INFOMOTO e Divulgação
Tamanho da fonte:   - +

Os primeiros painéis de motocicletas eram bem rudimentares: um simples mostrador, que indicava a velocidade, “incrustado” no tanque ou sobre o farol surgiram na primeira metade do século XX. De lá para cá, os instrumentos evoluíram muito. 

Transformaram-se em mostradores redondos, geralmente com velocímetro e conta-giros, e ganharam luzes de advertência como nas motos dos anos 1960 e 70. Com os anos, passaram a trazer mais informações: marcador de combustível, nível de carga da bateria, temperatura do motor, etc. 

Na década de 90, foi a vez das telas de cristal líquido (LCD) ganharem espaço. Informações digitais encantavam – e informavam – os motociclistas. Algumas tinham computador de bordo, com o consumo instantâneo, consumo médio, autonomia, horas e até a marcha engatada.

Atualmente, na época dos tablets e smartphones, os painéis ganharam telas de TFT (Thin Film Transistor) há alguns anos. As telas de TFT são, basicamente, as mesmas encontradas nos celulares. Desde motos menores, como a Honda CB 250F Twister, até modernas bigtrails, como a recém-lançada Triumph Tiger 1200 utilizam essa tecnologia.

Mas a evolução não para. Há painéis com estilo personalizável, outros com tela touch e alguns que até se conectam e espelham o smartphone. Fizemos uma lista com os cinco painéis de moto mais bacanas da atualidade; confira. 

KTM 390 Duke 

A nova geração da naked austríaca já chegou ao País e sua instrumentação com display digital que muda de cor conforme a incidência de luz chama a atenção. Mas o aplicativo “KTM My Ride” é o grande diferencial, que pode espelhar o smartphone no novo painel de instrumentos, que mais parece um tablet. 
Há ainda comandos extras instalado no punho esquerdo para o piloto gerenciar todas as funções do celular sem ter que tirar as mãos do guidão. É possível ter controle total sobre as chamadas recebidas, além de comandar o player de áudio. O som é propagado por mini autofalantes dos intercomunicadores, que ficam na forração interna do capacete.

Triumph Street Triple 765 RS

A naked inglesa tem no seu novo motor de três cilindros e 765 cm³ um dos principais destaques. Afinal, o propulsor, que gera 123 cv de potência máxima na Street Triple 765 RS vai também equipar as motos da categoria Moto2 no Campeonato Mundial de motovelocidade de 2019. 

Mas outro atrativo da tecnológica Street Triple é seu painel com tela colorida de TFT de 5 polegadas, que oferece seis modos de exibição e contraste variável. Exclusivo da versão RS, ele varia as informações de acordo com o modo de pilotagem escolhido. No modo Road (estrada), por exemplo, o velocímetro ganha espaço; já no modo Track (pista), o destaque vai para o conta-giros. É possível ajustar até mesmo a inclinação para evitar que o sol atrapalhe a visão. O mesmo painel equipa as versões top de linha das novas bigtrail Tiger 800 e 1200.

BMW R 1200 GS

A famosa bigtrail alemã traz um novo painel digital TFT com tela de 6,5 polegadas em alta definição com o sistema BMW Motorrad Connectivity, que mostra informações sobre a motocicleta e o trânsito em tempo real de forma clara e intuitiva. 

O sistema pode ser acessado de diversas maneiras: por meio de um aplicativo no smartphone, através de conexão Bluetooth entre o painel de motocicleta e o celular, ou pelo multi-controlador situado na manopla esquerda da motocicleta, de modo a assegurar que as mãos do piloto permaneçam no guidão da motocicleta e não haja distrações.

Por meio do aplicativo BMW Motorrad Connected, que pode ser instalado em smartphones Apple e Android, o motociclista dispõe de diversas funcionalidades. Uma delas é o sistema de navegação por setas, que conduz o piloto de forma rápida e intuitiva ao seu destino final. O trajeto pode ser gravado e compartilhado, podendo inclusive adicionar fotografias do caminho. O piloto pode realizar o download dos mapas em casa, usando a rede sem fio, tornando-o independente do uso de dados móveis ao longo do trajeto. Além disso, há funções como localização da motocicleta, autonomia, postos de combustíveis nas proximidades e carga da bateria, entre outros.

Indian Roadmaster

A americana Indian suspendeu suas operações no Brasil, mas o painel digital e o sistema de infotainment Ride Command da Roadmaster vão deixar saudade. Com tela colorida de 7 polegadas sensível ao toque, navegador e diversas informações o painel é, na verdade, uma verdadeira central multimídia. 
Há seis telas no novo Ride Command: navegação por GPS; conexão Bluetooth com o smartphone e intercomunicadores; uma tela de música; e outras três personalizáveis, que podem ser divididas em duas, com informações da moto e do percurso. Pode-se usar a tela sensível ao toque até mesmo com luvas – pelo menos aquelas feitas para isso – e deslizar entre as telas, ou simplesmente apertar um dos quatro grandes botões abaixo da tela, que servem como “atalhos”. 

Vale destacar a rapidez de processamento do sistema: em poucos segundos após ligar a moto já aparece um alerta para não desviar a atenção da estrada (tudo em português do Brasil, outro ponto positivo da central da Indian). Em alguns minutos, é possível conectar seu smartphone e ter sua playlist disponível para ouvir através do potente sistema de som.

Honda Gold Wing

Apresentada no Salão Duas Rodas 2017, a nova geração da Honda Gold Wing 1800 foi renovada dos pés à cabeça, ou dos novos faróis em LED até o pneu traseiro de 200 m de largura. O motor foi redesenhado e ganhou quatro válvulas em cada um dos seis cilindros opostos e traz sistema “Idling Stop”, além de acelerador eletrônico e controle de tração. 

Outra grande novidade é que a grã-turismo japonesa é a primeira motocicleta do mundo a incorporar o CarPlay, sistema da Apple para espelhar o iPhone em centrais multimídias de veículos. Com o sistema é possível controlar as funções do smartphone diretamente pelos controles físicos da Gold Wing. A tela do iPhone é reproduzida na nova central multimídia com tela de 7 polegadas colorida e sensível ao toque. O potente sistema de som da Gold Wing reproduz as músicas da sua playlist e as chamadas podem ser atendidas pelo intercomunicador no capacete.

Mais Imagens
Clique na foto para ampliar
Topo
Publicidade
  • © 2002-2018 SHOPCAR - Sua Referência em Veículos - Classificados de Carros. Todos os direitos reservados