• Quinta-feira, 21 de Março de 2019

Piloto brasileiro de 18 anos vai disputar campeonato mundial de motociclismo

21/12/2018 - 10:38 - Arthur Caldeira / INFOMOTO - FOTOS: Divulgação
Tamanho da fonte:   - +

O piloto brasileiro de 18 anos, Ton Kawakami, irá disputar a categoria Supersport 300cc no Campeonato Mundial de Superbike em 2019. Com o suporte da Yamaha Brasil, Kawakami irá representar o país na disputada categoria ao guidão de uma YZF-R3. 

Kawakami foi escolhido pelo seu bom desempenho nas pistas, apesar da pouca idade. Em 2016 e 2017, Ton foi campeão nacional da categoria R3 Cup e, neste ano, venceu oito das dez etapas do Superbike Brasil na categoria Supersport 600cc e faturou mais um título. Os bons resultados já lhe renderam uma vaga no VR46 Master Camp. Durante uma semana, ele participou, na Itália, do Programa de treinamento criado pela Yamaha e Valentino Rossi, que abrange desde pilotagem de kart, motocross, flat track, até aulas de como trabalhar corretamente o condicionamento físico.

“O suporte ao Ton é fruto da estratégia da Yamalube R3 Cup no Brasil, que é formar em alto nível jovens pilotos. Continuaremos a investir na R3 Cup para que novos talentos surjam e, com isso, possamos ter o Brasil competindo no mais alto nível do motociclismo mundial”, declarou Helio Ninomiya, Gerente Executivo de Marketing e Produto da Yamaha Brasil.

O campeonato de Supersport 300

O Campeonato Mundial de Supersport 300 (SSP 300), uma categoria dentro do Mundial de Superbike, surgiu em 2017 para atrair jovens pilotos. Criada como uma escada acessível para a Superbike, na qual competem motos de 1.000cc, e com uma igualdade mecânica que permita que todos os pilotos tenham as mesmas opções chances de vencer, participam do certame motos “miniesportivas”, como a Yamaha R3, Kawasaki Ninja 300 (agora 400cc), Honda CBR 500R e KTM RC 390.

Neste ano, serão sete etapas e a primeira delas acontece no circuito de Aragón, na Espanha, entre 5 e 7 de abril. Hsverá outras cinco etapas na Europa e uma na Argentina, juntamente com o circo do Mundial de Superbike. 

O brasileiro Ton Kawakami vai ser integrante da MS Racing, equipe com suporte oficial de fábrica mais bem-sucedida dentre as equipes que utilizam a Yamaha YZF-R3. O primeiro campeão da categoria em 2017, o espanhol Marc García, fazia parte da MS Racing e, a equipe teve a melhor classificação entre aquelas que correram de Yamaha em 2018 no Mundial de SSP300.

Ton utilizará uma Yamaha YZF-R3 equipada com o kit GTYR (Genuine Yamaha Technology Racing), ou seja, o kit oficial de fábrica para preparar a R3 para as pistas. Composto por suspensões Ohlins com amortecedores invertidos na dianteira, freio dianteiro com disco Brembo de 298 mm, sistema de escapamento Akrapovic, radiador racing de maior volume, e ainda um kit de performance para o motor desenvolvido pela GTYR que cumpre todas as normas e regulamentos da FIM (Federação Internacional de motociclismo) para a categoria. 

“A oportunidade é um sonho, precisei de um tempo para entender e me dar conta do que estava acontecendo. Ainda que o nível do mundial seja altíssimo, tenho a meu favor a grande experiência com a Yamaha R3, o suporte da Yamaha Motor do Brasil e também o da equipe MS Racing, que conquistou a vitória e um terceiro lugar na última corrida de 2018”, afirmou o confiante Ton Kawakami. Segundo o jovem, ele irá se dedicar de corpo e alma. “Farei valer o esforço de todos os envolvidos, desde a minha família, aos meus patrocinadores”.

Mais Imagens
Clique na foto para ampliar
Topo
Publicidade
  • © 2002-2019 SHOPCAR - Sua Referência em Veículos - Classificados de Carros. Todos os direitos reservados