• Terça-feira, 17 de Setembro de 2019

Salão de SP – Fluence GT chama mais a atenção do que o “novo” Clio

24/10/2012 - 15:01 - Mário Salgado, direto de São Paulo - Fotos: Divulgação e Mário Salgado
Tamanho da fonte:   - +

No último Salão do Automóvel de Paris, realizado há pouco mais de um mês, a Renault apresentou o Novo Clio europeu. Mas parece que o Brasil vai demorar um pouco para ver esse carro por aqui. Isso pôde ser constatado com a grande atração da marca no Salão do Automóvel de São Paulo, que acontece entre os dias 24 e 04 de novembro.

Clio “meia boca”

O carro que a Renault teima em afirmar ser o novo Clio, nada mais é que um carro reestilizado. O face-lift o deixou com um design de gosto duvidoso, que afirmam ter a cara mundial da marca. A tarefa de atualização estética do modelo ficou a cargo da equipe do Renault Design América Latina (RDAL).

A frente do carro foi modificada, com adoção de novos faróis, para-choques, capô e entradas de ar. Uma grade estreita liga um farol a outro e converge para o centro, onde está a logomarca da Renault. Abaixo, uma grande tomada de ar em formato trapezoidal dá um toque de agressividade ao modelo.

Na traseira, foi incorporado um aerofólio com brake-light. As lanternas, no formato ligeiramente triangular têm as luzes com nova disposição. A tampa do porta-malas ganhou dois vincos horizontais, que partem das lanternas em direção ao centro, onde está o logo da Renault, com a inscrição “Clio” em letras estilizadas logo abaixo, posicionamento que também segue o padrão dos demais modelos da marca.

No interior, o quadro de instrumentos é novo, com marcadores de nível de combustível e temperatura do líquido de arrefecimento digitais, além do computador de bordo.

Um dos diferenciais da linha 2013 do Novo Clio é que o veículo pode ser personalizado interna e externamente para ficar ao estilo do proprietário. São quatro kits de personalização disponíveis, sendo três para o exterior: Sport, Look e Adesivos (com faixas esportivas ou desenho geométrico); e um para o interior: Kit Estilo.

Fluence Turbo

O sedã média Fluence ganha uma cara de esportivo na versão GT. Trazendo a assinatura da Renault Sport – divisão responsável pela preparação de modelos esportivos da marca –, tem motor 2.0 16V de 180 cv de potência. Graças ao turbo “twin-scroll”, compacto e de última geração, quase 80% da força já está disponível a partir de 1.500 rpm. E o torque máximo de 30,6 kgfm aparece logo aos 2.250 rpm. Assim, o Fluence GT é o modelo com maior torque da categoria. A aceleração de 0 a 100 km/h leva 8,0 segundos e a velocidade máxima é de 220 km/h.

As mudanças estéticas (internas e externas) incorporadas ao Fluence GT foram concebidas pela equipe do Renault Design América Latina (RDAL), o primeiro estúdio de design da marca no continente americano.

Painel digital, pedaleiras de alumínio, soleiras nas portas com a inscrição “Renault Sport”, novo interior na cor preta com detalhes em preto brilhante, além de costuras em vermelho nos bancos esportivos, volante e manopla são os diferenciais no acabamento interno do Fluence GT.

Do lado de fora, os diferenciais da versão turbo ficam por conta das rodas de 17”, com design exclusivo, aerofólio, saias dianteira, traseira e laterais, além de retrovisores e maçanetas na cor “Dark Metal”.

Mais Imagens
Clique na foto para ampliar
Topo
Publicidade
  • © 2002-2019 SHOPCAR - Sua Referência em Veículos - Classificados de Carros. Todos os direitos reservados