• Quarta-feira, 20 de Outubro de 2021
Não solicitamos nenhum código de verificação, por WhatsApp, SMS ou telefone.

Testamos a Chevrolet Spin Premier 2021 pelas ruas de Campo Grande

20/09/2021 - 15:05 - Texto e fotos: Mário Salgado
WhatsApp
Tamanho da fonte:   - +

Durante dez dias rodamos com uma das últimas minivans disponíveis no mercado. A própria Chevrolet qualifica a Spin como crossover hoje em dia. A versão testada foi a topo de linha, Premier, que, na época do teste, custava R$ 108.000. Hoje ela já subiu de preço, como todos os carros. Abaixo, vocês conferem um vídeo com nossa avaliação completa.

Clique aqui e confira a ficha técnica do crossover.

Destaque para a segurança

A principal novidade do Spin para a linha 2021 é a adoção do controle eletrônico de estabilidade e tração como item de série em todas as configurações.

A tecnologia reduz sensivelmente o risco de perda de controle do veículo em condições extremas ao limitar a velocidade quando ela se torna incompatível com a trajetória ou a aderência do piso.

“O controle eletrônico de estabilidade e tração chega para acompanhar uma crescente demanda por tecnologias de segurança sem abrir mão de sua maior virtude: o amplo espaço interno”, diz Rodrigo Fioco, diretor de Marketing de Produto da GM América do Sul.

O crossover da Chevrolet ganha também assistente de partida em aclive, muito útil em saídas de semáforos e manobras em planos inclinados. O item funciona com as configurações de câmbio automático e manual, ambos de seis marchas.

O alerta de não afivelamento do cinto do passageiro chega para complementar o aviso referente ao do lado do condutor, já existente. Também extensiva a toda a gama estão o novo grafismo do painel de instrumentos e a inédita opção de cor Azul Eclipse para a carroceria.

Já o controlador de limite de velocidade é outra inovação e está disponível desde as configurações intermediárias. Teclas no volante permitem ao motorista determinar a velocidade máxima que o carro poderia alcançar em acelerações para evitar multas de trânsito, por exemplo.

Em relação a parte mecânica, a principal alteração fica por conta da nova geração da transmissão automática de seis marchas, de funcionamento mais suave e eficiente, em linha com os recentes lançamentos da Chevrolet, como os novos Onix e Tracker.

No caso do Spin, a transmissão AT6 foi especialmente recalibrada para trabalhar em harmonia com o motor 1.8 SPE/4 ECO Flex de até 111 cavalos de potência e 17,7 kgfm de torque.

O Spin está disponível nas configurações de cinco e sete lugares. Ambas pensadas para quem precisa de um automóvel funcional com amplo espaço para passageiros e carga. O porta-malas pode chegar a 756 litros com a segunda fileira de bancos toda avançada - quase o dobro da capacidade de SUVs da concorrência.

O crossover da Chevrolet conta com acabamentos premium na cabine. A conectividade fica por conta do multimídia MyLink com Android Auto e Apple CarPlay além do sistema de telemática avançada OnStar com seus serviços exclusivos de segurança e proteção patrimonial.

A Premier vem equipada de série com ar-condicionado, direção elétrica, transmissão automática, câmera de ré com linhas guias, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, entre outros.

Mais Imagens
Clique na foto para ampliar
WhatsApp
Topo
Publicidade
  • © 2002-2021 SHOPCAR - Sua Referência em Veículos - Classificados de Carros. Todos os direitos reservados