• Sábado, 18 de Setembro de 2021
Não solicitamos nenhum código de verificação, por WhatsApp, SMS ou telefone.

Testamos a Honda CG Titan 160 2022 pelas ruas de Campo Grande

01/09/2021 - 11:40 - Mário Salgado - Fotos: Divulgação Honda e Mário Salgado
WhatsApp
Tamanho da fonte:   - +

Dificilmente algum veículo no Brasil (entre carros, motos e pesados) irá alcançar a marca que a Honda CG conseguiu recentemente. Este ano ela bateu a marca de 13 milhões de unidades do modelo que saíram das linhas de produção da fábrica da Honda em Manaus, AM. Uma incomparável história de sucesso, que ajuda a marca a deter 80% do mercado nacional. Para ver o porquê desse sucesso todo, fomos convidados pela concessionária Caiobá Honda de Campo Grande-MS a passar 5 dias com a Titan 160 2022. Ela tomou um tapa no visual para marcar a comemoração de 45 anos da moto no Brasil. Abaixo vocês podem conferir um vídeo completo com nosso teste.

Novidades

As versões para 2022 continuam quatro. A CG 160 Start traz novo design na moldura do painel de instrumentos e na carenagem frontal, com três opções de cores. A CG 160 Fan e a CG Cargo também receberam nova moldura de painel, nova carenagem de farol e laterais do tanque redesenhadas interna e externamente. Para a Cargo, a opção de cor é única, o branco, enquanto que para a Fan as opções de cores são três.

O modelo mais prestigiado da família, a CG 160 Titan (que mostramos nesta reportagem), recebeu também uma nova moldura do painel, nova carenagem de farol e de laterais do tanque, exclusivas do modelo, além de rabeta com laterais redesenhadas. A CG Titan 2022 também chega com três opções de cores. Já de cara o visual "musculoso" chama a atenção. Com isso ela ficou maior e se destaca nessa cor amarela.

Quanto à parte ciclística, o chassi tipo Diamond de chapa estampada, no qual o motor tem função estrutural, permanece inalterado e é comum a todas as versões da CG. A suspensão dianteira tipo SFF (Separated Function Fork) faz par com a suspensão traseira bichoque, com amortecedores de dupla ação reguláveis na carga da mola.

As Honda CG 2022 são dotadas do sistema CBS - Combined Braking System, sendo a CG 160 Start equipada de freio dianteiro e traseiro a tambor. Nas CG 160 Cargo, Fan e CG 160 Titan, o freio na dianteira é a disco e o traseiro a tambor.

Motor e chassi

O motor monocilindro 4 tempos com sistema de comando de válvula no cabeçote OHC (Over Head Camshaft) é comum às versões Cargo, Fan e Titan. Tem exatos 162,7 cm3, e gera a potência máxima de 15,1 cv (etanol) e 14,9 cv (gasolina) a 8.000 rpm. O torque máximo é de 1,54 kgf.m (etanol) e 1,40 kgf.m (gasolina), a 7.000 rpm. O sistema de alimentação por injeção eletrônica PGM-FI incorpora a tecnologia FlexOne (Fan, Cargo e Titan), que admite uso de etanol e gasolina em proporções diferentes. Na CG 160 Start o sistema PGM-FI admite apenas o uso de gasolina no motor, que mantém as mesmas características de potência e torque dos modelos FlexOne quando alimentados com este tipo de combustível.

Os novos modelos evoluíram no visual, mas se destacam também no conjunto mecânico que proporciona maior e melhor potência e torque do segmento, mas mantendo os conceitos Honda baseados na melhoria da eficiência de combustão e economia, proporcionando baixa emissão de poluentes na atmosfera.

O sistema de transmissão se vale de corrente tipo 428, com coroa de 44 dentes e pinhão de 15 dentes. O câmbio tem cinco velocidades e a embreagem de acionamento mecânico é do tipo multidisco em banho de óleo.

O equilíbrio da parte ciclística das Honda CG decorre da harmonia de funcionamento de suspensões e precisa geometria do rígido chassi, realizado em chapa de aço estampado com arquitetura tipo Diamond, que oferece maneabilidade e excelente estabilidade. A resistência estrutural é garantia de elevada durabilidade, mesmo em condições de uso extremas.

A suspensão dianteira é do tipo SFF (Separated Function Fork), com curso de 135 mm, cujo princípio de funcionamento é dar as bengalas direita e esquerda funções diferentes. Nas suspensões convencionais, ambas bengalas contam com molas e dispositivos hidráulicos dedicados ao amortecimento. No sistema SFF, uma das bengalas é dedicada ao sistema hidráulico, o amortecimento progressivo em compressão e extensão, enquanto outra bengala abriga a mola.

O sistema SFF equipa as Honda CG desde o modelo 2018, a apresenta vantagens reconhecidas tais como a maior leveza do conjunto de suspensão dianteira, o que proporciona melhor dirigibilidade, funcionamento mais preciso na absorção das irregularidades do terreno e um menor número de componentes internos, além de maior durabilidade. O sistema de suspensão traseira, cujo curso é de 106 mm, utiliza dois conjuntos amortecedor-mola de dupla ação - com possibilidade de regulagem na carga da mola em cinco posições -, ligados à robusta balança de suspensão de aço.

Na Honda CG 160 Cargo, Fan e CG 160 Titan, as rodas são de liga leve com cinco raios duplos, enquanto na CG 160 Start são raiadas, com aros de aço "Black Chrome". Em todas as versões da CG o pneu dianteiro tem medida 80/100 18 M/C 47P. Na CG Start e CG Fan o pneu traseiro tem medida 90/90 - 18 M/C REINF 57P, enquanto na CG 160 Titan o pneu traseiro tem medida maior, de 100/80 - 18M/C REINF 59P.

Quanto aos freios, o sistema CBS - Combined Braking System -, é comum à todas as Honda CG 2022. Na CG 160 Start ambos freios são a tambor, com diâmetro de 130mm. Nas CG 160 Cargo, Fan e Titan o disco dianteiro de 240mm de diâmetro e cáliper de pistão triplo de acionamento hidráulico, enquanto na traseira o tambor tem 130 mm de diâmetro.

Design e aspectos práticos

Como é usual, para a CG 160 Titan a Honda reservou o design mais agressivo e esportivo, em linha com tradição do modelo, que é a base da moto usada na disputa da categoria Honda Junior Cup do Campeonato Brasileiro de Superbike.

Tais diferenciações são coadjuvadas por opções de cores que reforçam o caráter específico de cada uma das Honda CG 160 2022, dando-lhes personalidade individualizada, específica e marcante.

No que diz respeito aos aspectos práticos, vale ressaltar a elevada capacidade do tanque das Honda CG 160 Cargo, Fan e Titan (16,1 litros, dos quais 3,1 litros de reserva) e da Honda CG 160 Start (14,6 litros, com 3,2 litros de reserva), cifras que em virtude da proverbial economia oferecida pelo motor, podem permitir alcançar até 600 km de autonomia em condições de uso ideais, se abastecidas com gasolina.

Preço, cores, garantia

As Honda CG 2022 estarão disponíveis nas concessionárias Honda de todo o território nacional a partir de julho. A garantia é de três anos, sem limite de quilometragem, além de sete trocas de óleo gratuitas. As cores disponíveis para a CG 160 Start são prata metálico, vermelho e preto. Na CG 160 Cargo o branco, enquanto na CG 160 Fan as opções são o azul perolizado, vermelho e preto. Já a CG 160 Titan pode ser escolhida entre opções cinza metálico, vermelho perolizado e amarelo perolizado.

A nova Titan 2022 é vendida a partir de R$ 238,44 via Consórcio Nacional Honda, nos planos com seguro de vida prestamista. A vista você consegue negociá-la a partir de R$ 15.990,00. Agora se optar pelo financiamento a Honda está promovendo uma campanha bem interessante para o lançamento da linha CG, ao adquirir a sua CG Start, Fan ou Titan pelo Banco Honda, você receberá um capacete original Honda na negociação.

Mais Imagens
Clique na foto para ampliar
WhatsApp
Topo
Publicidade
  • © 2002-2021 SHOPCAR - Sua Referência em Veículos - Classificados de Carros. Todos os direitos reservados