• Sábado, 4 de Dezembro de 2021
Não solicitamos nenhum código de verificação, por WhatsApp, SMS ou telefone.

Testamos a Honda PCX 150 DLX e vimos o motivo do seu sucesso

04/11/2021 - 16:42 - Mário Salgado - Fotos: Divulgação Honda e Mário Salgado
WhatsApp
Tamanho da fonte:   - +

Mais uma vez, a concessionária Caiobá Honda nos cedeu uma de suas motos para um test ride. Desta vez, escolhemos a scooter PCX na versão DLX, que tem uma pegada de mais requinte, tecnologia e segurança. Durante 4 dias foi possível ver toda a versatilidade do modelo pelas ruas de Campo Grande. No vídeo abaixo, vocês podem conferir nossa opinião ao guidão dessa scooter.

No mercado desde 2013 e já em sua 3ª geração, a Honda PCX é o mais bem sucedido modelo do mercado nacional das scooters. O segmento, que não para de crescer, é responsável por trazer ao mundo das duas rodas novos usuários, ávidos pela praticidade e economia das scooters, qualidades nas quais a Honda PCX 1 é referência. Na época de nosso teste, lá em agosto, o valor de venda dela aqui em Campo Grande era de R$ 17.000.

As Honda PCX continuam sendo oferecidas em quatro versões: PCX CBS, PCX ABS, PCX DLX ABS e a PCX Sport ABS. Todas as versões compartilham da mesma arquitetura técnica. O motor é o monocilíndrico SOHC (Single Over Head Camshaft), 4 tempos, com injeção eletrônica PGM-FI (Programmed Fuel Injection), arrefecido a líquido e com transmissão automática continuamente variável CVT (V-Matic), com potência máxima de 13,2 cv a 8.500 rpm e torque máximo de 1,38 kgf.m a 5.000 rpm. Dotado sistema eSP (enhanced Smart Power), tal dispositivo reduz a rotação do motor automaticamente quando em aceleração constante em terreno plano, beneficiando economia e durabilidade.

Outro destaque técnico exclusivo das Honda PCX é o ISS - Idling Stop System, que atua desligando automaticamente o motor nas paradas em semáforos, religando-o assim que o acelerador acionado. A transmissão tipo CVT V-Matic é outro fator de atração nos PCX, tanto pela comodidade na condução como pela robustez do sistema, cuja manutenção é mínima.

Quanto ao chassi/suspensões, as PCX dispõem de uma reforçada estrutura em tubos de aço, com suspensão telescópica hidráulica na dianteira, enquanto na traseira os amortecedores contam com molas de três estágios. Ambas as rodas são de 14 polegadas, calçadas com pneus 100/80-14 na dianteira e 120/70-14 na traseira.

Completa a Honda PCX o painel com display tipo Blackout, a iluminação por LED nas DRL - Daytime Running Light, luzes de rodagem diurna, farol e lanterna traseira. Clássica comodidade das scooters, o compartimento sob o banco das PCX conta com 28 litros de capacidade e prático sistema de abertura através de tecla situada ao lado do botão de partida. À esquerda do escudo frontal há um compartimento dotado de tomada 12V. As versões PCX Sport e PCX DLX contam com o Smart Key System, sensor presencial que destrava do botão de partida e tecla de acesso ao compartimento sob banco e tanque de combustível. Nos demais modelos da PCX, a partida ocorre por chave que comanda o dispositivo antifurto Shutter Key.

Mais Imagens
Clique na foto para ampliar
WhatsApp
Topo
Publicidade
  • © 2021 SHOPCAR - Sua Referência em Veículos - Classificados de Carros. Todos os direitos reservados