• Sexta-feira, 5 de Junho de 2020

Ford traz versão 2017 do Fusion híbrido

27/10/2016 - 12:57 - Automotive Business - Fotos: Divulgação Ford
Tamanho da fonte:   - +

Um mês depois de apresentar a linha 2017 do sedã Fusion nas versões 2.5 flex e 2.0 Ecoboost, a Ford mostra a nova opção Hybrid. O carro manteve os motores a gasolina e elétrico com potência combinada de 190 cavalos, mas está mais equipado. Com isso ele custa agora R$ 159,5 mil, cerca de 10% a mais que o 2016. A opção híbrida vem da fábrica de Hermosillo, no México, assim como as versões a gasolina e flex vendidas no Brasil. 

Clique aqui e confira a ficha técnica do carro.

Importado desde 2010, ele é o híbrido com a maior presença no mercado brasileiro, ajudado por uma rede de revendas mais ampla que as dos concorrentes. Foram 1.810 unidades licenciadas desde sua chegada, ante 876 do segundo colocado, o Toyota Prius. Nesse período o Fusion respondeu por 52% do total de híbridos emplacados no País: “Ele conseguiu ‘virar a chave’ nas vendas desse tipo de carro, que num primeiro momento eram essencialmente corporativas e com o Fusion passaram a atingir mais o consumidor comum”, afirma o gerente de marketing de produto, Fernando Pfeiffer. É importante dizer que o Prius tem tabela de R$ 126,6 mil, 20,6% a menos que o Fusion Hybrid por ser um carro menor e menos equipado. 

No Brasil, a motorização híbrida responde por cerca de 5% das vendas do Fusion. “Queremos que essa participação ao menos se mantenha”, diz Pfeiffer. O destaque do carro continua sendo a economia de combustível, próxima àquela de modelos compactos. O sedã recebeu letra A no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular ao fazer 16,8 km/l na cidade e 15,1 km/l em estrada. 

Entre as novidades do Fusion Hybrid 2017 estão faróis totalmente em LEDs, piloto automático adaptativo com Stop & Go, alerta de colisão com sistema autônomo de frenagem, sistema de detecção de pedestres, sistema de estacionamento automático de segunda geração e central multimídia Sync 3. Da mesma forma que ocorreu com as versões a gasolina e flex, no Hybrid a alavanca de mudança de marchas também deu lugar ao E-Shifter, um botão giratório. 

Os bancos do Fusion usam couro microperfurado. Os dianteiros têm ajuste elétrico em dez posições, memória, aquecimento e refrigeração. A cabine conta com duas combinações de cor: preto com molduras prata ou cinza claro nos bancos e nas portas. O padrão claro está disponível nas carrocerias branca ou preta. A cabine usa iluminação por LEDs com controle de intensidade e tem sete opções de cor. 

As pequenas mudanças externas da linha 2017 também estão no Hybrid. Elas ocorreram nos faróis, na grade e na traseira, onde agora há uma barra cromada unindo as duas lanternas. Com 4,87 metros de comprimento e 2,85 m de distância entre eixos, o Fusion é um carro com bom espaço interno, mas a versão híbrida tem o porta-malas prejudicado pela bateria. Em vez de 514 litros ele comporta 392 l, quase um quarto a menos. 

Mais Imagens
Clique na foto para ampliar
Topo
Publicidade
  • © 2002-2020 SHOPCAR - Sua Referência em Veículos - Classificados de Carros. Todos os direitos reservados